"A Arte da Oração"

"A oração em si mesma é uma arte que somente o Espírito Santo pode nos ensinar. Ele é o doardor de todas as orações. Rogue pela oração - ore até que consiga orar, ore para ser ajudado a orar e não abandone a oração porque não consegue orar, pois nos momentos em que você acha que não poder, é que realmente está fazendo as melhores orações. Às vezes quando você não sente nenhum tipo de conforto em tuas súplicas e teu coração está quebrantado e abatido, é que realmente está lutando e prevalecendo com o Altíssimo.

sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Mensagem Pregada na sede do Maranhão em S.Luiz

TEMA:A CAIXA DE FERRAMENTAS DE DEUS1 Coríntios 1.27-29

27 Mas Deus escolheu o que para o mundo é loucura para envergonhar os sábios, e escolheu o que para o mundo é fraqueza para envergonhar o que é forte.
28 Ele escolheu o que para o mundo é insignificante, desprezado e o que nada é, para reduzir a nada o que é, 29 a fim de que ninguém se vanglorie diante dele.

INTRODUÇÃOQuase todo chefe de família tem a sua caixa de ferramentas. Não tem que ser, necessariamente, uma caixa bonita, se de madeira, de ferro ou de plástico...
Mas quase todo homem tem, em casa, alguma coisa de ferramentas... um alicate, martelo, chave-de-fenda, etc.
Deus também tem a Sua caixa de ferramentas... ferramentas que Ele usa para realizar grandes feitos.
Mas, ao contrário do que podemos pensar, a caixa de ferramentas de Deus não contém ferramentas de encher os olhos...
Não, as ferramentas de Deus, como vamos ver neste texto, são ferramentas insignificantes para o mundo.
As ferramentas que Deus usa, do ponto de vista humano, são fracas, mas que nas mãos dEle, ah! realizam grandes obras.

Vejamos, neste texto, o que há na caixa de ferramentas de Deus.
...em primeiro lugar, na caixa de ferramentas de Deus, há:1.

COISAS LOUCASChamo sua atenção para o v.27, onde lemos isto: “Mas Deus escolheu o que para o mundo é loucura”.
Por coisas loucas devemos entender coisas débeis, coisas fracas..., isto é, pessoas que não têm grande sabedoria em termos humanos...
Essas coisas loucas são pessoas que não têm condições materiais... são pessoas que não têm nenhum prestígio, nem um poder em si mesmas... são pessoas sem significância no mundo.
Sabe, quando a Bíblia diz aqui, que Deus escolheu as coisas loucas do mundo, a Bíblia está falando da insignificância das pessoas que Deus escolheu.
Deus escolheu as coisas loucas, escolheu as pessoas insignificantes, para confundir as que se acham alguma coisa.
Irmãos, irmãs, as ferramentas de Deus, portanto, não são pessoas que ostentam sabedoria, que ostentam conhecimento...
As ferramentas de Deus não são pessoas que estufam o peito, dizendo: “eu tenho status, tenho posição social, tenho experiência, ou tenho isso e aquilo...”.
Não, as ferramentas de Deus são coisas loucas... são pessoas fracas, mas que se colocam nas mãos do Todo-Poderoso Deus...
Então, Deus, com a Sua sabedoria e poder, as usam para fazer aquilo, que nem o mais sábio, nem o mais poderoso, nem o mais rico, conseguiria fazer...E isso, a Bíblia diz, para envergonhar os sábios.
Deus está usando você, irmão? ...o Senhor está usando a sua vida como ferramenta em Sua obra?
Como ferramenta na edificação da célula? ...como ferramenta na edificação da família – a célula principal?
Essa parte da Bíblia revela: somos ferramentas de Deus, quando nosso eu, nosso nome, nossa capacidade, nossa sabedoria, nossa condição... quando tudo nosso se torna insignificante perante Deus...
Quando paramos de nos orgulhar do que somos, do que temos ou do que fazemos, e nos consideramos desprezíveis, pequenos, insignificantes, então Deus nos toma para a Sua caixa de ferramentas e nos usa.
Será que você está na caixa de ferramentas de Deus?
...em segundo lugar, na caixa de ferramentas de Deus, há:2.

COISAS FRACAS Lemos no mesmo v.27: “e escolheu o que para o mundo é fraqueza para envergonhar o que é forte”.
É o mesmo caso do ponto anterior, mas eu quero reforçar com a lembrança de que um Cristo crucificado era um absurdo.
Nada parecia ser mais fraco, nem mais vergonhoso, do que Cristo crucificado... não tem lógica, o Rei dos reis ser deitado numa manjedoura forrado de palha e morrer numa cruz entre dois malfeitores...
Mas Deus Se serviu do Cristo crucificado – do Seu Filho morto na cruz, para reconciliar consigo o mundo... foi por meio da morte de Jesus na cruz que fomos salvos!
Irmãos, Deus está dizendo pra nós: Suas ferramentas não são as pessoas fortes do mundo...
Não são as pessoas que se bastam a si mesmas... não são as pessoas que dizem: “Eu, eu sozinho, eu mesmo, eu posso... eu sozinho, eu consigo...”.
Não! As ferramentas escolhidas de Deus são as coisas fracas do mundo... são as pessoas que dizem: “eu não posso... eu não posso... eu não posso viver sem Ti, ó Deus!... eu não posso!”
Ou que então, dizem: “Eu só posso naquele que me fortalece!... porque se Ele não me fortalece, eu não posso!”
Irmãos, na lógica de Deus os fracos é que são fortes... (diz aí pra seu irmão).Será que você está na caixa de ferramentas de Deus?
...em terceiro lugar, na caixa de ferramentas de Deus, há:3.

COISAS VIS, DESPREZÍVEIS E QUE NÃO SÃO Agora, no v.28 está escrito: “Ele escolheu o que para o mundo é insignificante, desprezado e o que nada é...”.Na caixa de ferramentas de Deus há, aos olhos humanos, “coisas vis”, isto é, pessoas que aos olhos do mundo não são nada... não são nem significantes.
Os crentes eram tão desprezados na época de Paulo, que eles eram considerados como se nem existissem.
Mas essas pessoas, diz a Bíblia, Deus escolheu para reduzir a nada, aqueles que se acham muita coisa.
Há pessoas que se acham as tais... que se acham superiores, grandes, merecedoras de honra e glória, por causa das pequenas coisas que fazem...
Mesmo dentro da igreja, há pessoas que se julgam em mais vantagem sobre as outras... que se julgam superiores, porque (por exemplo) tiveram esta ou aquela experiência com o Espírito Santo.
Mas, irmãos, Deus não toma a nenhuma destas pessoas para a Sua caixa de ferramentas...
Lemos aqui no v.28, que Deus “escolheu o que para o mundo é insignificante, desprezado e o que nada é, para reduzir a nada o que é”.
Se o mundo reconhece e aplaude a sua performance espiritual... e você se deleita nesses aplausos, nesse reconhecimento, e diz: “Ah! eu sou eu... sou alguma coisa!”, veja que Deus escolheu o que é insignificante e que nada é para usar em Seus propósitos.
Por isso, Será que você está na caixa de ferramentas de Deus?
...e por fim, eis a razão por que Deus escolhe tais ferramentas, é:4.

PARA QUE NENHUMA CARNE SE GLORIE PERANTE ELEÉ o que lemos no v.29: “a fim de que ninguém se vanglorie diante dele”.
Há muitas pessoas hoje que se gloriam da posição financeira que alcançaram, da posição social que conquistaram ou dos conhecimentos que adquiriram.
Muitos crentes se gloriam do dom de línguas... se gloriam de terem lido a Bíblia toda mais vezes do que os outros... se gloriam por praticarem o jejum, por fazerem vigílias de oração...
Muitos crentes se gloriam de sua própria espiritualidade...
Mas, de que valerá o seu orgulho diante de Deus? ...ninguém poderá se gloriar diante de Deus...
Portanto, eis o motivo porque Deus, em Sua sabedoria, escolhe as coisas loucas do mundo, e as coisas fracas do mundo, e as coisas desprezadas e que não são nada...
Nos ensina esse verso da Bíblia, que Deus as escolheu “a fim de que ninguém se vanglorie diante dele”.
Será que você está na caixa de ferramentas de Deus?


CONCLUSÃODeus tem a Sua caixa de ferramentas.As ferramentas de Deus somos nós... uns são como a chave de fenda, outros como o alicate, outros são como os parafusos, e outros são como as buchas para os parafusos...
Mas, se Deus quiser apertar um parafuso, a chave de fenda não precisa ficar se gloriando, achando que somente ela é capaz de fazer isso.
Irmão, em se tratando de Deus, até a bucha pode apertar o parafuso... então, não se glorie.
É isso que diz o texto: Deus usa coisas “loucas”, coisas “fracas”, coisas “vis e desprezíveis”, coisas que “não são”, aos olhos humanos, para confundir, envergonhar, reduzir a nada aqueles que se acham o máximo.
Desta maneira, ninguém vai poder se gloriar diante de Deus, pois a capacidade humana nada pode realizar para Deus por si mesma, assim como uma ferramenta real não pode cumprir a sua função se não for usada por alguém.

Pr Carlos AlexandreAutor.2007

2 comentários:

Keuzinha Almeida disse...

Muito, muito gratificante ler essa pregação- imagino ouvi-la.

Deus continue abençoado-o.

Danilo Fernandes disse...

Ola Pastor Carlos.

Graça e Paz!

Vim conhecer seu espaço digital. Bom posts! A internet é um espaço precioso onde podemos falar de Jesus e discutir diferentes pontos de vista!

Aproveitando, faço uma apresentação do meu blog:

Genizah é um blog cristão diferente. Hilário e divertido, mas que não dispensa a seriedade na defesa do Evangelho. Uma mistura bem balanceada de humor, denuncia e artigos devocionais. No Genizah, você fica sabendo da última novidade do absurdário "gospel", mas também não falta material para inspiração e ótimas mensagens dos melhores pregadores. Genizah é um blog não denominacional apologético, com um time é formado por escritores, pastores, humoristas e chargistas cristãos.

Aguardo sua visita. Vamos nos seguir!

Abraços em Cristo e Paz!

Danilo Fernandes

http://www.genizahvirtual.com/